Itajubá (MG) - A Fábrica de Itajubá, Unidade de Produção da IMBEL® no Sul de Minas, recebeu nesta terça-feira, dia 1º de junho, a visita do Chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT), General de Exército Guido Amin Naves. Ele foi recebido pelo Diretor Presidente da Empresa, General de Divisão R1 Aderico Visconte Pardi Mattioli, pelo Chefe de Fábrica, Coronel R1 Délcio Monteiro Sapper e vários outros integrantes da IMBEL®.
 
Acompanharam a comitiva o Coronel R1 Newton Raulino de Souza Filho, Assessor Especial do Chefe do DCT, Tenente Renato Souza Chaves, Auxiliar do Estado-Maior Pessoal do Chefe do DCT, o Cel R1 Cezar Augusto Carazzai Castilho, Assessor Chefe da Assessoria de Planejamento e Gestão (APG), Cel R1 Reginaldo Trindade Lisbôa, Assessor Chefe da Assessoria de Conformidade e Gestão de Risco (ACGR), e o Cel R1 Wagner Machado Brasil, Diretor Industrial da IMBEL®.
 
Na visita, o Chefe do DCT conheceu as instalações da fábrica e teve a oportunidade de verificar os processos de fabricação, os projetos de investimentos para a modernização do parque fabril e manutenção da capacidade de mobilização industrial, além de conhecer o portfólio de produtos destacando-se os Materiais de Emprego Militar (MEM), entre eles o Fz Ass 5,56 IA2, primeiro Fuzil de tecnologia genuinamente brasileira, adotado e padronizado pelo Exército Brasileiro, adquirido também por diversos Órgãos de Segurança Pública, e o Fz Ass 7,62 IA2, recém aprovado pelo Centro de Avaliações do Exército – CAEX.
 
O Chefe do DCT, juntamente com sua comitiva, pode verificar, também, a reforma do pavilhão multiuso que será utilizado para a fabricação de uma nova família de pistolas. Foi apresentado o processo de automatização da fabricação da peça 35 - armação da pistola e da peça 24 - caixa da culatra do fuzil.
 
Na oportunidade foi explanado o Termo de Execução Descentralizada (TED) do Fuzil 7,62 mm e do Fuzil 5,56 mm com o Exército Brasileiro, assim como, foi apresentado o kit calibre .22 para ser utilizado no Fz Ass 5,56 IA2 e o protótipo do Fuzil de Precisão AGLC .308.
 
A comitiva também visitou o museu da Fábrica, onde pode ser verificado todo o acervo histórico que retrata o legado sublime dos pioneiros na construção da Fábrica de Armas do Brasil e a Rede Elétrica Piquete-Itajubá, em Wesceslau Bráz, onde pode ser constatado o grande potencial de geração própria de energia elétrica.
 
O Gen Amin, em suas palavras de despedida, salientou a importância da IMBEL® para o Exército Brasileiro na fabricação de produtos de defesa.
 

 

NOTÍCIAS ANTERIORES

 

*Você pode selecionar a Unidade de Produção de interesse

Sede FE FI FPV FJF FMCE